Os alicerces da vida cristã

Você ama pregar a palavra de Deus, mas tem dificuldades para preparar uma pregação? CLIQUE AQUI


Texto: Atos 2:37-47
Propósito geral: Didático
Propósito específico: Estimular o crente ao crescimento da igreja por meio da oração e anuncio da Palavra.

 

INTRODUÇÃO
Com a proliferação de seitas, a prática religiosa é diferente de grupo para grupo, de pessoa para pessoa. A fé do cristão não vem da experiência de ninguém. A base da fé do cristão vem do ensino da Palavra de Deus, a Bíblia. É através da Bíblia e da oração que o cristão conhece a vontade de Deus. A Igreja existe para cumprir estritamente a vontade de Deus e não para satisfazer esquemas. Quando a experiência é à luz do ensino bíblico o cristão conquista segurança e confiança. A igreja primitiva crescia porque perseverava na oração e no ensino da Palavra (At 4:29-31).


 
TRANSIÇÃO: A experiência de crescimento da Igreja primitiva era firmada em três alicerces.

 

I - O ALICERCE DA FÉ - (Mt 21;22)
Orar com fé. Não é questão de quantidade, mas de qualidade. Não é fé rudimentar, mas fé amadurecida. É a dependência de Deus que leva a pedir aquilo que, embora impossível para os homens, é possível para Deus. A oração da fé não pede o absurdo, mas segundo o propósito de Deus. A oração da fé não é para mostrar poder, mas buscar a vontade de Deus. A oração da fé não é exibicionista. Não explora a vontade do povo prometendo curas e milagres. Se Deus quiser pode curar e fazer milagres. Jesus nos ensinou a orar em palavras e ações. Orar na dependência do Senhor. Quando a igreja primitiva orava o lugar onde estavam tremia (At 4:31) e lá anunciava a Palavra do Senhor. Orar é o alicerce da fé.

 

II - O ALICERCE DA SANTIDADE - (Lv 11:44)
Os pecados devem ser afastados do comportamento do cristão (II Co 7:1). Deus não convive com o pecador. Não ouve as orações. É necessário arrependimento, contrição (Is 1:15-16). É necessário confissão. É necessário desenvolver um estilo de vida espiritual sensível ao pecado. Reconhecer que a raiz do pecado está em nós, não nos outros (Sl 51:1-13). Ser santo é uma ordem de Deus (I Pe 1:16; Ex 19:6). O distanciamento do pecado é o alicerce da santidade.

 

III - O ALICERCE DA PERSEVERANÇA - (At 2:42, 46)
Não desanimar quando não alcançar um objetivo. Não desistir.
Oração pressupõe perseverança (Mt 7:7-8). Orar com o espírito, alma. Não permitir que as emoções guiem a oração. Usar o intelecto, a razão. O desânimo é uma condição emocional. Não indica a vontade de Deus (Rm 12:1-2). A Igreja deve perseverar: Na doutrina dos apóstolos; na comunhão; no partir do pão; nas orações. "Porque todo o que invocar o nome do Senhor será salvo" (Rm 10:13). Este é o alicerce da perseverança.

 

CONCLUSÃO
A Igreja cresce quando anuncia a Palavra do Senhor. Não pregar o que os homens querem ouvir, mas o que Deus quer dizer aos homens. A igreja primitiva pregava a Palavra com intrepidez, com ousadia. Não considerava a oposição. Uma igreja cresce em qualidade e quantidade quando está alicerçada na fé, santidade e perseverança. Oração: para crescer em qualidade (At 2:42). Evangelização: para crescer em quantidade (At 2:47).
Quer ir mais alem do que estudar esse Artigo e ter em sua disposição materiais de apoio que lhe ajudarão a preparar e elaborar suas pregações e estudos Biblicos?

Eu Mefibosete Bastos recomendo esse material que mais de 6500 pessoas já Adquiriram.
Um material voltado para Pregadores Iniciantes com videos explicativos e ebooks PDF
CLIQUE AQUI AGORA E CONFIRA O SUPER KIT MANUAL DO PREGADOR

Se Gostou, Compartilhe

FacebookTwitterGoogle+


EmoticonEmoticon