A autoridade de Jesus

Você ama pregar a palavra de Deus, mas tem dificuldades para preparar uma pregação? CLIQUE AQUI


autoridade-jesusTexto: Mateus 28:16-20
Propósito geral: Evangelístico
Propósito específico: Mostrar ao ouvinte que Jesus Cristo é a verdadeira autoridade.


INTRODUÇÃO
A cada dois anos há eleições para cargos federais, estaduais ou municipais. Os eleitos tornam-se autoridades constituídas. Durante a campanha eleitoral os candidatos se degladiam com ofensas e acusam os defeitos uns dos outros. São gastas fortunas para adquirir autoridade. Depois de enganarem o povo com promessas. Assumem os cargos e decepcionam. São falcatruas, mentiras, desvios de verbas, o povo é esquecido. Só visam os seus interesses. São autoridades que nos envergonham com seus atos. Mas há uma autoridade que não decepciona: JESUS.

TRANSIÇÃO: As características da autoridade de Jesus.

 
I - AUTORIDADE TOTAL - (Mt 28:18)
Jesus tem autoridade, no céu, na terra e debaixo da terra. Não conseguida em campanhas sujas e votos. Autoridade dada pelo Pai. Autoridade com poder. Autoridade sobre autoridades. Autoridade para falar e ensinar (Mt 7:28-29). Para por em ordem o Templo (Mt 21:12-13). Autoridade sobre espíritos imundos (Mc 1:23-27). Autoridade para perdoar pecados (Mc 2:10-12), para curar enfermos e para ressuscitar (Mt 11:2-6). Autoridade para julgar (Jo 5:22) e para entregar Sua própria vida e reavê-la (Jo 10:18). Autoridade moral, sem pecados, contradições e hipocrisia (Jo 8:46). Autoridade para comissionar e mandar fazer discípulos em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Em visão do profeta Daniel, o Filho do Homem recebeu de Deus "todo o domínio e glória, e um reino, para que todos os povos, nações e línguas O servissem. Seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e um reino tal que não será destruído." (Dn 7:14). O próprio Jesus diz que todas as coisas lhe foram entregues pelo Pai (Mt 11:27). Em Apocalipse vemos Jesus ressuscitado receber todo o poder e autoridade e assumir a liderança da história.

 

II - AUTORIDADE CONFIÁVEL - (I Tm 2:5)
Confiar na autoridade de seu nome, de seu testemunho, dando a si mesmo em resgate de muitos. De seu sacrifício, derramando o seu sangue por nossas culpas. De seu Evangelho, anunciando a Boa Nova aos necessitados e humildes. De seu mandamento de amor a Deus e ao próximo. Jesus é confiável.

 
III - AUTORIDADE COM PROMESSAS VERDADEIRAS - 
Promessas de autoridades humanas, mas tem solução para os problemas da humanidade. Jesus tem a solução. Só Jesus Cristo é digno de nossa adoração e louvor. Ele morreu por nós pagando o preço do pecado. Jesus, homem perfeito, sem pecados, morrer pelos pecados de homens imperfeitos. Essa autoridade que louvamos e adoramos nos promete amor, perdão e salvação por meio de seu sangue precioso (Jo 3:16).

 

CONCLUSÃO
Para conferir essa autoridade são necessários três princípios:
Crer nos fatos do Evangelho e na suficiência de Jesus Cristo (Jo 8:24); arrepender-se reconhecendo a necessidade do perdão num ato de confiança e renúncia (At 3:19); e submeter-se em oração ao senhorio de Cristo. Submissão a sua autoridade. Uma autoridade que jamais decepciona (Rm 10:9).
Quer ir mais alem do que estudar esse Artigo e ter em sua disposição materiais de apoio que lhe ajudarão a preparar e elaborar suas pregações e estudos Biblicos?

Eu Mefibosete Bastos recomendo esse material que mais de 6500 pessoas já Adquiriram.
Um material voltado para Pregadores Iniciantes com videos explicativos e ebooks PDF
CLIQUE AQUI AGORA E CONFIRA O SUPER KIT MANUAL DO PREGADOR

Se Gostou, Compartilhe

FacebookTwitterGoogle+

1 blogger-facebook:

Muito bom !
Ameeeei !


EmoticonEmoticon