Presença de Deus - Causas e efeitos

Você ama pregar a palavra de Deus, mas tem dificuldades para preparar uma pregação? CLIQUE AQUI



presenca-deus-silas-malafaiaIntrodução
A presença de Deus determina o nosso estilo de vida. Se agirmos de acordo com as nossas próprias convicções e nos pautarmos nos valores da sociedade, estaremos distantes do Senhor. Mas, se crermos no sacrifício de Jesus e aceitarmo-lo como Salvador, experimentaremos uma mudança significativa de vida.

A presença de Deus é:
A forma contínua como o Senhor se manifesta em nós, transformando a nossa vida, o nosso caráter e as nossas atitudes.


I. Atitudes que atraem a presença de Deus
1.1      — Ter fé inabalável
A fé é a prova das coisas que se não vêem (Hb 11.1). Ela nos motiva a acreditar e a esperar em algo, mesmo não tendo prova visível de que tal coisa acontecerá. Moisés preferiu passar por todas as provações com o povo de Deus no deserto, em vez de estar desfrutando das regalias no palácio.
1.2 — Praticar o amor a Deus
Moisés não apenas tinha fé em Deus; ele também o conhecia, amava e desejava a Sua presença. Isso está expresso no seu diálogo em Êxodo 33.13,12-16.
“Disse mais o SENHOR a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que fizeste subir da terra do Egito, à terra que jurei a Abraão, a Isa que e a Jacó, dizendo: À tua semente a darei. E enviarei um Anjo adiante de ti (e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os ferezeus, e os heveus, e os jebuseus), a uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo obstinado, para que te não consuma eu no caminho. “
Êxodo 33.1-3
1.3 — Praticar o amor ao próximo
Se Moisés fosse soberbo e egoísta, certamente não teria se preocupado com a morte dos israelitas e se envaideceria por ter sido escolhido para ser o pai do novo povo de Deus. Mas, em vez disso, esse líder suplicou misericórdia e perdão, lembrando ao Senhor a promessa feita a Abraão, Isaque e Jacó (Êx 32.9-14).
1.4 — Ter coragem e ousadia
Moisés demonstrou não apenas amor pelo povo, mas também ousadia ao fazer a seguinte proposta: Agora, pois, perdoa o seu pecado; se não, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito (Êx 32.32).
1.5 — Ter discernimento espiritual
Ao receber a ordem de marchar com o povo, Moisés disse ao Senhor: Se a tua presença não for conosco, não nos faças subir daqui (Êx 33.15).

II. Como conhecer mais o Senhor?
2.1 — Buscando a Deus por meio da oração
Nós, seres humanos, só podemos conhecer-nos se conversarmos uns com os outros. Fato semelhante também acontece em nossa vida cristã; só poderemos conhecer a Deus se falarmos com Ele por meio da oração. Há várias exortações quanto a essa prática na Bíblia (Fp 4.6; Ef 6.18).
2.2 — Buscando uma íntima comunhão com Deus
O Senhor falava com Moisés face a face, como qualquer pessoa fala ao seu amigo (Êx 33.11). Isso significa que havia uma profunda comunhão entre Moisés e Deus. Se você quer ter a presença de Deus em sua vida, então procure aprimorar a sua comunhão com o Todo-poderoso.
2.3 — Sendo obediente à vontade de Deus
Deus exortou o Seu povo a guardar o que lhe ordenou (Êx 34.11). Em outras palavras, o Senhor estava dizendo que o povo teria de obedecer a Ele. Obediência. nesse caso, significa submissão a Deus e disposição de aceitar a Sua vontade.
2.4 — Sendo organizado
Deus é muito organizado. Tudo o que Ele criou obedece a leis e princípios. Quando Ele disse a Moisés que Sua presença iria com ele, imediatamente começou a concretizar a Sua presença criando leis. Deus não opera onde há desordem. A Bíblia diz que se faça tudo com ordem e decência (1 Co 14.40).

III. O que a presença do Senhor produz?
3.1 — A presença de Deus produz movimento
À medida que a nuvem sobre os israelitas no deserto se movia, o povo também se movia. No Novo Testamento, a presença de Deus abalou o lugar onde os cristãos estavam reunidos (At 4.3 1).
3.2 — A presença de Deus nos faz sentir amor pelos perdidos
Precisamos abrir o nosso coração e permitir que o amor de Deus nos tome, encha-nos e transborde para tudo ao nosso redor. Se estamos cheios da presença do Espírito, devemos empenhar-nos em proclamar o amor de Deus em toda a terra (Jo 3.16).
3.3 — A presença de Deus nos torna produtivos, prósperos e alegres
Aos fiéis à Sua aliança, o Senhor prometeu prosperar o trabalho e o fruto de suas mãos (Dt 28.5).
3.4 — A presença de Deus aponta para a direção certa
Deus guiou Israel pelo deserto até a Terra Prometida (Êx 33.1-5), bem como o destino de José na terra do Egito (Gn 37 a 50). Se permanecermos na presença de Deus e esforçarmo-nos para termos um caráter reto, sem dúvida o Senhor nos guiará.
3.5 — A presença de Deus produz descanso, paz e tranqüilidade
Hoje vemos muitas pessoas que se preocupam de maneira exagerada com o futuro. Mas a preocupação excessiva não conhecemos gera ansiedade e insegurança. Em vez turbar o coração devemos sim desfrutar da paz de Deus (Jo 14.27).
3.6 — A presença de Deus proporciona milagres
Deus sustentou dois milhões de pessoas ao prover miraculosamente tudo o que o Seu povo precisava. Elias foi alimentado pelos corvos (1 Rs 17.6) e usado para abençoar a viúva de Sarepta (1 Rs 17.10-14). Deus também fará milagres em nossa vida abrindo portas e resolvendo problemas que julgamos impossíveis.

Subsídio teológico
No Antigo Testamento, a palavra usada para descrever a presença gloriosa de Deus é shekinah, que, no hebraico, significa morada, presença, aquilo que vive (entre nós). Atualmente, o significado mais empregado para shekinah é glória de Deus.

Nota cultural
Foi provavelmente um corvo da espécie corvus corax que alimentou o profeta Elias no deserto. Acredita-se que essa ave teve origem nos desertos da Ásia, por isso é um animal solitário e individualista.
3.7 — A presença de Deus é garantia de vitória
Veja o que o salmista dedara sobre o assunto nos Salmos 16.8,11; 68.4- 10,19,20,35; 140.12,13.

Conclusão
Se você quer ter a presença do Todo-poderoso em sua vida, então creia no único Deus e Senhor, e aceite Jesus como o seu Salvador — este é o primeiro passo —, consagre-se, busque conhecê-lo, cultive um relacionamento mais profundo com Ele e faça parte da Sua família.


Fonte: Livro Pregando poderosamente a palavra de Deus 2
Autor: Pastor Silas Malafaia

Quer ir mais alem do que estudar esse Artigo e ter em sua disposição materiais de apoio que lhe ajudarão a preparar e elaborar suas pregações e estudos Biblicos?

Eu Mefibosete Bastos recomendo esse material que mais de 6500 pessoas já Adquiriram.
Um material voltado para Pregadores Iniciantes com videos explicativos e ebooks PDF
CLIQUE AQUI AGORA E CONFIRA O SUPER KIT MANUAL DO PREGADOR

Se Gostou, Compartilhe

FacebookTwitterGoogle+

10 blogger-facebook

Muito Bom!Deus abeções o Pr Silas

Este comentário foi removido pelo autor.

maravilhoso amei;; gosto demais do pastor cilas ósculo santo pastor

gostei muito .aprendi bastante

deus é marvilhoso

Está e a verdade pra nos obtermos a santa presença de Deus.Parabéns pastor Silas Malafaia

Benção pura é a palavra do nosso DEUS...

que texto lindo,bem esclarecedor, nosso Deus é lindo.... não vivo sem ele.

Muito tocante está mensagem.
Glória a Deus!


EmoticonEmoticon