17


plagio-inspiracao-de-deus
Buscar esboços e sermões na internet é errado?

È plagio ou fonte de inspiração?
Depois de ter lido um comentário sem nexo aqui no nosso blog, resolvi deixar minha opinião sobre o assunto.


Veja o comentário no link a seguir
 pescando peixe no aquário de outros profeta
Para esboçar minha opinião eu gostaria primeiramente de definir o significado de duas palavras.

O que é PLÁGIO?
Imitação ou cópia fraudulenta, apresentar algo de outrem como se fosse propriamente seu.

O que é INSPIRAÇÃO?
Idéia ou pensamento que surge de repente baseado em algo que se vê, lê ou ouve.
Na teologia é uma infusão da vontade divina na consciência humana.

Seria errado eu pesquisar sobre um assunto na internet, e basear minhas idéias em cima daquilo que pesquisei?
Na minha modéstia opinião NÃO.

A pesquisa é Fonte de Inspiração

Para quem não sabe sou pregador, e por muitas vezes baseei minhas pregações em esboços e sermões encontrados na internet, isso não significa que preguei o sermão encontrado na internet, mas baseei algumas de minhas idéias no estudo encontrado.
È lógico que devo orar a Deus para que Ele me inspire e me capacite a pregar, mas muita das vezes Deus nos coloca em situações de busca e pesquisa.
O ano passado fui convidado para pregar em um congresso cujo tema era “Eu sou aquele que tenho a chave de Davi”, na época eu na tinha idéia nenhuma do que significava isso, mas após uma pesquisa na internet minha mente se abriu, e aprendi coisas novas que nunca tinha ouvido falar sobre o significado da tal chave, tanto que postei o estudo aqui no blog.
Não preguei o que estava no esboço acima, mas baseei minhas idéias naquilo que aprendi com o estudo. Não busco pregações prontas na internet, mas busco idéias, conhecimento e colocações em cima daquilo que é bom e tem conteúdo.

O que eu acho errado é o ato do Plágio.

Um pregador que vai até uma Locadora Evangélica, loca um DVD do Silas Malafaia ou do Marco Feliciano, assiste uma três ou quatro vezes, faz um rascunho daquilo que eles pregaram, e quando chega à noite prega tudo aquilo que se ouviu, e até mesmo os testemunhos que eles contaram.
Existem alguns que imitam até o jeito de vestir e de falar, e fazem as mesmas gesticulações que os tais fazem.
E talvez você deve estar pensando quer dizer que não posso assistir um DVD de pregação, ou mencionar algo interessante que ouvi destes?, Não é isso que estou querendo dizer.
Já aprendi muitas coisas interessantes com o Silas Malafaia, e até mesmo com o Marco Feliciano, o que não pode acontecer, é literalmente clonar o que eles pregaram como muitas pessoas fazem.
Muitos pregadores já não oram, não jejuam e não buscam o conhecimento, simplesmente assistem uma pregação, decora aquilo que ouviu e depois sai por ai pregando, sem qualquer direção de Deus.

Conclusão:

Primeiramente sempre busque a Deus, e a sua vontade,ore,jejue e leia a bíblia, mas também não deixe de buscar o conhecimento da palavra de Deus, como eu disse: “Muitas das vezes Deus nos coloca em situações de busca e pesquisa.”
Quer Elaborar Pregações igual ao Mefibosete?Então Clique Aqui

Postar um comentário Blogger

  1. É POR ISSO QUE MUITOS PRINCIPALMENTE OS PREGADORES ESTÃO MORTOS ESPIRITUALMENTE, COMO QUE VC PREGA O QUE NÃO VIVE?
    SE PREGAR AQUILO QUE DEUS REVELOU PARA OUTRO, VAI PASSAR VIVER NA MESMA INTECIDADE DAQUELE QUE FOI REVELADO

    A BIBLIA DIZ : NÃO FICARÁ EM MINHA CASA, AQUELE QUE USA DE ENGANO. PREGAÇÃO PERFEITA É AQUELA QUE O PREGADOR VIVE OU ESTA VIVENDO ELA. ESSA SIM FICA PREGADO EM NOSSOS CORAÇOES, ISSO É QUE TENTO FAZER. EEDENN@HOTMAIL.COM. GRUPO. SEMEADORES DO CONHECIMENTO DA PALAVRA DE DEUS, NO FACEBOOK

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você irmão, tem um irmão da minha Igreja que fica o dia inteiro vendo dvds do Abilio Santana, e depois prega nas Igrejas tudo aquilo que ele decorou.
    Pregações deste tipo não são inspirações de Deus, mas sim um grande plagio.

    ResponderExcluir
  3. A Paz do Senhor amado,
    concordo plenamente com você. Afinal, estamos tratando de algo que está na Bíblia. Estando de acordo com a Palavra de Deus e não sendo heresia, aprendemos com os amados irmãos e repassamos para abençoar outras vidas. Tudo o que sabemos vem de uma vida com Deus, através da leitura da Palavra de Deus, ouvindo a mensagem de Deus através de nossos pastores, e lendo sobre a mensagem da Bíblia. Estamos aprendemos. Saibam que não estamos falando algo de nós, mas tudo vem da Palavra DEle. Se alguém quer ter exclusividade e direitos autorais sobre uma mensagem bíblica, está roubando a Glória que deve ser de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveito para convidá-lo a seguir o meu blog.
      Pastos verdejantes.

      http://pastosverdejantes.blogspot.com

      Excluir
  4. graça e paz a todos infelizmente no meio evangélico existem muitos criticos se ele soubessem a responsabilidade que é preparar um sermão eles não ficavam apenas criticando qual é o problema desses se acham bobons demais para aprender com outros?fica essa pergunta no ar!

    ResponderExcluir
  5. SOU PASTOR E GERALMENTE FAÇO MINHAS PREGAÇÕES MAS QUANDO LEIO UM ESBOÇO NA INTERNET QUE SEUS PRINCIPIOS ESTÃO DE ACORDO COM A PALAVRA DE DEUS.TEMAS OTIMOS QUE ME EDIFICAM USO NA MINHA IGREJA. É CLARO QUE PASSO PARA MEU POVO AQUILO QUE ENTENDI.POIS A BIBLIA DIZ QUE OS DISCIPULOS DO SENHOR DIZIAM,NÃO TEMOS DEIXADO DE PREGAR AQUILO QUE TEMOS VISTO E OUVIDO.POIS UMA PREGAÇÃO É UM ENSINO, SE VC APRENDEU VC VAI PASSAR ADIANTE.POIS NINGUÉM NASCEU SABENDO TUDO.DESDE QUE VC NÃO PERCA SUA INDENTIDADE É LICITO PREGAR AQUILO QUE VC APRENDEU.SOU PASTOR E SOU BEM SINCERO EM DIZER QUE MEUS COLEGAS TEM COISAS BOAS A ME ENSINAR.

    ResponderExcluir
  6. Não é errado usar esboços de outros pregadores. A fonte de todo pregador do evangelho é Deus. Todo pregador por mais intelectual que seja depende do Espirito Santo inspira-lo para preparar um esboço de sermão. A fonte principal é Deus e ponto final. Quando eu era garoto iniciei no ministério pregando sermões de outros pregadores e tive o privilegio de ver muitas almas se convertendo ao Senhor, pessoas serem curadas e etc. Se fosse errado, também não deveríamos usar na escola dominical estudos que foram elaborados por outros. Todo professor da escola dominical, deveria elaborar seu próprio estudo bíblico. Não é verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu concordo com o pr ... quando nos ouvimos pregaçoes tão edificantes não dar pra conter tanta informação e logo surge a vontade de pregar aquilo que ouvimos .. afé vem pelo o ouvir a palavra de DEUS ,, já presenciei muitas almas sendo salvas por mensagem plagiadas...e batizadas tambem ,,, o pr takayma disse certa vez ```minhas mensagens não tem direitos autoraais , por que elas são DEUS portanto pregue minhas mensagens melhor do que eu ainda.........

      Read more: http://www.mefibosete.com/2012/11/esbocos-e-sermoes-prontos-e-plagio-ou.html#ixzz2QObtqoN8

      Excluir
  7. Já ouvir muitas mensagens plagiadas, dentre as quais cito: (perfil do pai ideal, cinco tipos de pessoas na igreja, cura integral, . . . etc). Nos estudos bíblicos também já ouvi e vir muita leitura da Famosa bíblia “BÍBLIA DO PREGADOR”. Na EBD rotineiramente presenciei leituras literais da revista da Escola Bíblica Dominical. Concluo que congregar com esse tipo de liderança tem seus efeitos colaterais, obrigando ao membro manter postura defensiva o tempo todo para não confrontar com esse modelo de liderança despreparada e sem vocação ministerial que apenas utiliza a Igreja como meio de suas projeções econômicas financeiras, pois naquilo que obrigatoriamente deveria ser perito constitui-se em negligente/ mentiroso/enganador/ladrão/hipócrita. Nessa congregação, hoje, tem-se mais óbitos do que conversões, aqui a Igreja fracassa em sua principal função, Mas a liderança já realizou sonho da casa e carro novo. Localização/Cidade/Igreja dos Plágios: Grajaú/MA – 1ª ICE MARANHÃO. É TRISTE!!!

    ResponderExcluir
  8. Prefiro um jovem de minha igreja imitando um pregador do que imitando artistas seculares, se ele estiver imitando um pregador tenho chances de lapida-lo......é engraçado citarem versiculos isolados para basearem suas idéias, se isto fosse valido citaria o versiculo em que Paulo diz: - Sedes meus imitadores como sou de Cristo....hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Pr. suas palavras são bla! bla! bla! falta conteúdo moral e ético, para muitos temas relativistas, mas verdadeiro crente não age de modo hipócrita, fingindo ser o que ele não é foi caso Davi em não vestir as roupas militares impróprias para a sua batalha, por outro lado, o mesmo Davi usou a espada do Golias decapitado, mas os golpes foram desferidos pela destreza de suas mãos. Levante outra bandeira! repense sua fala! reveja o conteúdo discutido e/ou também seu ministério?!
      PLÁGIO É CRIME !
      No Código Penal Brasileiro, em vigor, no Título que trata dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual, nós nos deparamos com a previsão de crime de violação de direito autoral – artigo 184 – que traz o seguinte teor: Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. E os seus parágrafos 1º e 2º, consignam, respectivamente:
      §1º Se a violação consistir em reprodução, por qualquer meio, com intuito de lucro, de obra intelectual, no todo ou em parte, sem autorização expressa do autor ou de quem o represente, (...): Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa, (...).
      § 2º Na mesma pena do parágrafo anterior incorre quem vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, empresta, troca ou tem em depósito, com intuito de lucro, original ou cópia de obra intelectual, (...), produzidos ou reproduzidos com violação de direito autoral.

      Excluir
    2. Sr. Valmir, a questão aqui não é você se inspirar em alguem, mas a questão é plagiar alguem, se passar por alguem que você não é, usar algo de outrem como se fosse propriamente seu.
      Plagio é feio, e também é pecado

      Excluir
  9. eu concordo com o pr ... quando nos ouvimos pregaçoes tão edificantes não dar pra conter tanta informação e logo surge a vontade de pregar aquilo que ouvimos .. afé vem pelo o ouvir a palavra de DEUS ,, já presenciei muitas almas sendo salvas por mensagem plagiadas...e batizadas tambem ,,, o pr takayma disse certa vez ```minhas mensagens não tem direitos autoraais , por que elas são DEUS portanto pregue minhas mensagens melhor do que eu ainda..........

    ResponderExcluir
  10. a palavra é de deus inspirada pelo espirito santo; voce e so um canal seja mais humilde tu nao tem nada.

    ResponderExcluir
  11. como pode se plagio a palavra nao e tua e sim de deus

    ResponderExcluir
  12. Evg. Murilo Monteiro28 de julho de 2013 00:51

    A paz a todos.
    Quero que observem oseguinte, todos os ensinamentos de Cristo, dicipulos, profetas e demais homens da Biblia foram inspiradas em outra mensagems de outros homens da biblia, entao vocês consideram estes escritos inspiração ou plagio?
    Então se eu pregar sobre o sermão da montanha estou plageando Cristo, o apostolo Paulo então plegeia ao diser "SEDES MEUS IMITADORES COMO EU SOU DE CRISTO"? se imitar a Cristo e buscar auxilio em mensagens de outros pregadores é plagio serei um eterno imitador, temos que ter nosso proprio estilo é claro porém devemos aprender uns com os outros.
    A palavra é dada por Deus e ele dá de graça, agora se vc resgistrou a mensagem em seu nome no cartório a palavra deixa de ser de Deus e passa a ser sua ai sim seria plagio.
    Fica a observação reflita e descubra se a palavra é sua ou de Deus.

    ResponderExcluir
  13. Bem, entendo sim o ponto de vista do autor do artigo, bem como o ponto de vista dos que discordaram em dado momento. Particularmente, os sermões de outros, sejam por escritos ou por DVDS, deveriam ser vistos como edificação espiritual e fonte de pesquisa, e até utilizado em seu todo para pregar se for o caso e se houver necessidade. Contudo, acho que, o que é inadmissível, seriam a imitação dos gestos do outro pregador, da voz do outro pregador, dos caguetes do outro pregador, dos jargões próprios do outro pregador, tipo "pentecostal que não faz barulho ta com defeito de fabricação , e por ai vai. Agora, se alguém for capaz de pregar, algumas vezes, e que não vire rotina ou vicio, a mensagem de outros, sem perder seu estilo e se manter em sua naturalidade e identidade própria e sem, principalmente deixar de colocar o sermão no forno da oração; não há problemas nem plágio nisso. O que importa é que o evangelho seja pregado e os pregadores iniciantes cada vez mais motivados, vendo e aprendendo com os outros. Paza todos. (Seminarista).

    ResponderExcluir

 
Top