Esboço Samuel Nystrom - Que havemos de beber?



Conheça os Materiais de Apoio para Pregadores e Ensinadores da Palavra de Deus - Clique Aqui

QUE HAVEMOS DE BEBER?
Êxodo 15.24
A inconstância dos homens
a) Cantar (v. 1).
b) Murmurar (v. 24).
A incredulidade humana duvida das providências de Deus e em sua suficiência, confia em si próprio, e nos seus apetites, torna-se inimigo de Deus.
Moisés intercedendo a favor do povo
Não murmure, mas ore. Compare Tiago 5.16,17.
O Senhor revela o remédio
Na hora da necessidade a oração é respondida.

Um lenho que tira as amarguras e dá doçura
A árvore da vida no Éden não era acessível só depois que o lenho da maldição foi posto sobre quem era a própria vida é que fica aberto o caminho (1 Pe 2.24).
O Senhor mostrou e ainda mostra a árvore
(Jo 1.18; Rm 3.23; Mt 17.5).
O lenho está próximo
Deus está perto (Rm 10.8); os discípulos de Emaús, Maria, o cego de nascença.
Um lenho aceito e aplicado.
O lenho precisa tocar na água para produzir doçura e a signa precisa ser bebida. Veja o lenho e o machado (2 Rs 6.6).

Conheça os Materiais de Apoio para Pregadores e Ensinadores da Palavra de Deus - Clique Aqui

Se Gostou, Compartilhe

FacebookTwitterGoogle+


EmoticonEmoticon